pre-mil

Por Maurício Montagnero

INTRODUÇÃO

Ap 20.4, 5 e 7 traz algumas divergências teológicas na área da escatologia. Ela relata sobre o milênio (do latim “mille” que significa mil, e “annus” que significa anos), isto é, mil anos que Cristo reinará sobre a terra.

(mais…)

heresiaprimitiva

Por Maurício Montagnero

Ver-se-á neste artigo as heresias que surgiram no inicio da era da Igreja, acerca da cristologia. As heresias serão analisadas em três partes, acompanhando parcialmente o que foi realizado por Alan Myatt e Franklin Ferreira[1] (mas com outra nomenclatura). Sendo expostas as heresias da primeira parte, será realizada uma refutação apologética contra essas usando como fundamento a exegese do texto do Evangelho de João 1.1 – 3 e 14, e se necessário partirá para outros textos bíblicos,[2] e assim sucessivamente.   (mais…)

A história, Jesus e a Trindade

Posted by Marcelo Berti in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A história, Jesus e a Trindade)

historia-jesus-trindade

Por Marcelo Berti

Um dos desafios de se manter um blog de teologia na Internet, é responder algumas perguntas teológicas de pessoas que não participam da fé cristã. É muito difícil estabelecer um campo conceitual em comum para dialogar sobre um assunto que temos como verdade com pessoas que a priori a rejeitam. Nesses pouco mais de oito anos de Teologando [1], já aprendi muito nesses diálogos, e acredito que ainda posso aprender mais.  (mais…)

eclesia

Por Alex Belmonte

Existem muitos equívocos e confusões quanto a alguns termos na esfera cristã. Entre esses, a própria palavra “Igreja” sofreu duros golpes de definições mal concebidas, tirando inclusive o real sentido de sua existência. A compreensão correta desses termos se torna importante para uma fiel abordagem em tudo que cerca a Igreja de Cristo.  (mais…)

A Ressurreição: Fundamento Insuperável da Fé Cristã

Posted by Jorge Fernandes Isah in APOLOGÉTICA | Apologética Geral - (Comentários desativados em A Ressurreição: Fundamento Insuperável da Fé Cristã)

ressurreicao-jesus

Por Jorge Fernandes Isah

A) INTRODUÇÃO: 

Primeiro, abramos nossas Bíblias [1] em 1 Coríntios 15:16-19, que diz:

“Porque, se os mortos não ressuscitam, também Cristo não ressuscitou. E, se Cristo não ressuscitou, é vã a vossa fé, e ainda permaneceis nos vossos pecados. E também os que dormiram em Cristo estão perdidos. Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens”.

Antes de começar a exposição de hoje, gostaria de ler o hino No. 101:

(mais…)

A ceia do Senhor e a disciplina arcana: celebração pública ou adoração e edificação particular?

Posted by Robson T. Fernandes in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A ceia do Senhor e a disciplina arcana: celebração pública ou adoração e edificação particular?)

CEIA DO SENHOR

Por Robson Tavares

PÁSCOA E CEIA: SUA ORIGEM
Desde a sua escravidão no Egito, e posterior libertação (Êxodo), Israel é orientada a realizar a Páscoa (Pessach), como uma solenidade familiar. Sem a existência de templo, sacerdote ou altar, a observância desta ordenança divina (Êx 12:1-12) apresenta elementos que são de fundamental importância para a integridade da identidade deste povo, que deveria observar esta ceia pascal em particular, no ambiente do lar, e com a presença apenas daqueles que se dispuseram a obedecer os critérios estabelecidos pelo Senhor.

(mais…)

Como chegar a uma conclusão teológica?

Posted by Marcelo Berti in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Como chegar a uma conclusão teológica?)

conclusao_teologica

Por Marcelo Berti

Normalmente as conversas, debates e discussões sobre teologia giram em torno das diferentes perspectivas apresentadas: Pessoas apresentam suas conclusões e dialogam sobre suas diferenças na tentativa de clarificar sua própria opinião e apontas os possíveis equívocos da opinião do outro. Entretanto, pouco tempo é investido no diálogo relacionado ao processo de formação de uma opinião teológica. Por isso, nesse artigo gostaríamos de responder a pergunta: Se a Bíblia é a fonte de informação para a Teologia Cristã, como as pessoas chegam a diferentes conclusões teológicas?

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.