A questão da liberdade divina e humana no ‘melhor dos mundos possíveis’ de Leibniz

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A questão da liberdade divina e humana no ‘melhor dos mundos possíveis’ de Leibniz)

leibniz

Por Eliandro da Costa Cordeiro

O presente ensaio visa demonstrar o problema gerado por Leibniz ao tentar provar que o “melhor dos mundos possíveis” em nada torna as ações livres dos homens como determinadas logicamente por Deus. O ensaio não pretende apresentar uma solução (nem culpa a Leibniz por não a apresentar), mas apenas demonstrar que a questão é de longe de difícil solução, restando para muitos filósofos a procura por um caminho mitigado ou extremado.

(mais…)

Achando graça aos Seus olhos

Posted by Sandro Veiga in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Achando graça aos Seus olhos)

GRACATEUSOLHOS

Por Sandro Veiga

Desde a criação do homem no Éden, Deus tem estendido a mão aos homens.

Não faltam relatos em toda a Escritura que demonstrem uma devoção divina para manter o homem em segurança, mas toda esta devoção tem como princípio a relação que o Criador queria manter com o ser criado, uma relação de amor e cuidado para que as criaturas vivessem para o seu agrado Nele e reconhecessem esta dependência.

(mais…)

Se Deus já tem tudo determinado, por que orar?

Posted by Clóvis Gonçalves in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Se Deus já tem tudo determinado, por que orar?)

oracao

Por Clóvis Gonçalves

“E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve” 1Jo 5:14

A pergunta acima foi feita por uma irmã amada, cristã fiel e sincera para com Deus. É legítima e merece a melhor resposta que puder ser dada, de acordo com o ensino claro das Escrituras Sagradas. Tentarei fazer isso, embora talvez não seja a pessoa mais indicada para a tarefa.

(mais…)

Evangelizar para salvar os perdidos ou para louvar a Deus?

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Evangelizar para salvar os perdidos ou para louvar a Deus?)

evangelizar

Por Eliandro da Costa Cordeiro

“Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente” (Rm.11.36).

O motivo e fim básico e orientador de todo o trabalho evangelístico (missões?)[1] deve ser a glória de Deus. Essa glória reorienta a evangelização objetivando corretamente a alegria dos povos e o prazer do próprio Deus.

(mais…)

O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha)

teia-de-aranha

Por Eliandro da Costa Cordeiro

O calendário, os rituais de passagens e aniversários não me assustam mais. Aprendi com Agostinho e com Pascal[1] que o Tempo nunca aceitou se prender às ideias humanas. Observaram que o passado, futuro e, mormente, o presente são furtivos. A vida segue solta, livre (Ec.11.4).

(mais…)

Âncora de segurança em um mar de incertezas

Posted by João Rodrigo Weronka in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Âncora de segurança em um mar de incertezas)

ancora

Por João Rodrigo Weronka

Texto base – Jo 17.1-21

Como é reconfortante saber que Jesus, tão próximo de sua entrega à morte de cruz, nos momentos finais e decisivos de sua existência em carne (pois Ele é Deus Filho e existe desde sempre e para sempre) proclamou a conhecida Oração Sacerdotal pelos Seus discípulos e por extensão por Sua igreja. Se você nunca teve a oportunidade de meditar nestas palavras, recomendo que antes que prossiga na leitura desta meditação que leia o texto de João 17.1-21.

(mais…)

Filipenses 2.13 está traduzido errado?

Posted by Clóvis Gonçalves in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Filipenses 2.13 está traduzido errado?)

fp2

Por Clóvis Gonçalves

Um artigo recente procura mostrar que o entendimento calvinista de Filipenses 2:13 erra por se basear na interpretação incorreta do termo energon.  A palavra traduzida como “efetua” (ARA e NVI), “opera” (ARC e TB) e “age” (NTLH) deveria, segundo o artigo, ser traduzido como “energizar”, “permitir agir” ou “empoderar”.  Ele reconhece que em outras passagens (p. ex. Mt 14:2) o termo também é traduzido como “operar”, mas aí o correto seria “estar presente” ou “dar condições”. Finalmente, faz-se uma analogia com “um ambiente de trabalho harmonioso”, o qual favorece que uma pessoa explosiva torne-se calma, mas não garante que isso aconteça.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.