Deus é mais simples que as religiões

Posted by Antônio Pereira Jr. in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Deus é mais simples que as religiões)

deus-religioes

Por Antônio Pereira Jr.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve” (Mt 11.28-30).

“Deus é mais simples que as religiões”, disse o poeta Mário Quintana, que não se considerava um religioso, embora fosse criado nos moldes do catolicismo. Eu particularmente acho que ele poderia ser agnóstico, não um ateu propriamente dito. Agnóstico é aquele que pode até acreditar na existência de Deus, embora não tenha certeza que de fato Ele exista. Literalmente falando um agnóstico é aquele que não tem o conhecimento necessário sobre a certeza da existência de uma divindade superior (um não conhecimento), pois “gnose” significa conhecimento. Em certo sentido eu concordo com a frase. Geralmente as religiões complicam tudo. (mais…)

Freud: fundação do sujeito, cultura e religião

Posted by Matheus Negri in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Freud: fundação do sujeito, cultura e religião)

freud

Por Matheus Negri

Vamos estudar algumas considerações importantes da psicanálise para a Ética. Primeiro é importante ressaltar que a psicanálise não prevê uma moral no sentido de costume, mas uma ética, isto é, uma reflexão crítica da moral. Um bom exemplo é o movimento de maio de 1968 na França onde os psicanalistas não participaram. Para responder a crítica Lacan disse que a psicanálise estava para criticar os sistemas de poder, e no caso dos estudantes e as passeatas previam o poder. Veremos um pouco sobre a biografia de Freud, o sujeito em psicanálise, a relação entre cultura, sociedade e religião e as implicações para a teologia. Olharemos em uma perspectiva filosófica e não clínica.

(mais…)

Immanuel Kant: a hermenêutica como chave para a moralidade

Posted by Matheus Negri in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Immanuel Kant: a hermenêutica como chave para a moralidade)

kant

Por Matheus Negri

Por toda a obra de Kant pode se encontrar teses sobre a disciplina da hermenêutica, porém suas teses não são levadas em consideração por historiadores da hermenêutica, mesmo com o reconhecimento por parte de Dilthey, Heidegger e Gadamer da importância de suas teses para a hermenêutica moderna, porém a influência do neokantismo, que visualiza Kant apenas sob sua teoria do conhecimento das ciências naturais venceu estes mesmos autores.[1] Já para Paul Tillich, Kant possui uma influência maior do que Hegel e Schleirmacher para a teologia como um todo. Sua grandeza está em realizar os ideais Iluministas e depois os superar. A impossibilidade de se chegar racionalmente a Deus, a liberdade e imortalidade, devido à finitude da razão humana, foi aceito como um pressuposto básico pelos pensadores do século XIX e XX, poucos tentaram se o por, mesmo Karl Barth aceitou plenamente sua crítica.[2]

(mais…)

Quando a nossa justiça se torna idolatria: o fariseu e o publicano

Posted by Silas Alves Figueira in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Quando a nossa justiça se torna idolatria: o fariseu e o publicano)

fariseu-publicano

Por Silas Alves Figueira

Texto base: Lucas 18.9-14

INTRODUÇÃO

Jesus nesta parábola tem a finalidade de nos chamar a atenção para o perigo que corremos de achar que somos melhores do que os outros porque somos religiosos. A religiosidade se torna perigosa quando começamos a nos afastar da humildade que ela deveria nos proporcionar, pois estamos na presença de Deus, e começamos a nos ufanar das nossas “boas” ações. Quando começamos a nos comparar com os demais homens que agem de forma diferente da nossa e achamos que somos melhores que eles.

(mais…)

Aspectos da Igreja Brasileira

Posted by Jonas Ayres in HERESIAS | IGREJA | Neopentecostalismo - (Comentários desativados em Aspectos da Igreja Brasileira)

igrejabrasileira-001

Por Jonas Ayres

É de grande valia viajar no passado no do campo da espiritualidade dos aspectos da Igreja Brasileira. Pois, se queremos saber para onde este bonde vai, precisamos saber de onde ele veio. O que ficou patente é que a espiritualidade de nossa nação é uma religião sincrética que misturou deste do período Colonial Brasileiro, o Animismo Indígena, o Catolicismo Ibérico e Religiões Africanas (dos escravos).

(mais…)

O Areópago nosso de cada dia

Posted by João Rodrigo Weronka in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em O Areópago nosso de cada dia)

areopago

Por João Rodrigo Weronka

A forma como a Bíblia Sagrada narra a passagem de Paulo por Atenas nos ensina muito sobre a relação entre o anúncio do Evangelho e a apologética. Atos dos Apóstolos, capítulo 17, expõem detalhadamente como a apresentação do Evangelho em um ambiente hostil é possível e necessária, bem como apresenta um proclamador devidamente instruído e capacitado pelas ferramentas do conhecimento humano e a sensibilidade de evangelizar diante de pontos de contato.

(mais…)

jesus-trans

Por Giuliano Barcelos

Estou revoltado! Não posso expressar de melhor forma o que senti ao ver a representação de um Cristo transexual em plena parada gay, e principalmente com toda a repercussão do fato. Confesso que deu vontade de esquecer que sou cristão e partir pra cima, no braço mesmo!

Mas aí me lembrei que ia ouvir “ai daquele que tocar no meu ungido” e aí sim ia dar mais vontade.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.