pecadosgraves

Por Kevin DeYoung

Traduzido por Anderson Rocha – Artigo original aqui.

Todo pecado é grave, mesmo aqueles que parecem respeitáveis.

Mas não significa que alguns pecados não merecem mais atenção do que outros.

Na verdade, quando a Bíblia recita uma série de pecados, ela costuma mencionar muitos dos mesmos. E enquanto nós não queremos fazer ética por meio de uma relação, é interessante observar quais são os pecados mencionados, quantas vezes, e em qual lugar.

(mais…)

O cristão e a plenitude divina

Posted by Marcelo Berti in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O cristão e a plenitude divina)

planitudedeus

Por Marcelo Berti

“Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito” (Ef.5.15-18)

As escrituras são claras quanto as demandas morais esperadas do cristão: Ele deve manter um padrão exemplar entre os não cristãos (1Pe.2.15ss), em obediência aos mandamentos de Cristo (1Jo.2.3ss) e aos mandamentos da lei (Rm.8.4) na demonstração de amor a Deus (Mt.22.37Mc.12.30) e aos outros (Rm.13.8; Gl.5.14). Entretanto, é importante afirmar que Deus não espera que o homem por sua força atinja tal padrão. O ser humano caído e resgatado pela Graça pode somente pela Graça alcançar as exigências divinas do cristianismo. Por isso mesmo é que o próprio Deus providencia o Espírito Santo como agente divino no homem para habilitá-lo a cumprir as exigências da lei:   (mais…)

A paz entre inimigos

Posted by Jorge Fernandes Isah in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A paz entre inimigos)

PAZINIMIGPS

Por Jorge Fernandes Isah

“E por aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar. E matou à espada Tiago, irmão de João. E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos ázimos. E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa. Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus. E quando Herodes estava para o fazer comparecer, nessa mesma noite estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão.” [Atos 12.1-6]  (mais…)

A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann

Posted by Maurício Montagnero in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann)

rudolf bultmann desmitologização

Por Maurício Montagnero

A teologia da desmitologização faz parte de uma estrutura teológica elaborada pelo teólogo alemão Rudolf Bultmann, que propõe que há mitos contidos na bíblia que devem ser interpretados existencialmente, isto é, como é que os mesmos ajudam no crescimento da minha existência. Além disso, eles devem ser vistos como figurados e não literais, ou seja, eles não ocorreram realmente, porém estão escritos para uma compreensão do ser como tal.

(mais…)

Expiação nos pais apostólicos

Posted by Clóvis Gonçalves in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Expiação nos pais apostólicos)

EXPIAÇÃO PAIS APOSTOLICOS

Por Clóvis Gonçalves

No milenar debate sobre as doutrinas da graça, os chamados Pais da Igreja são muitas vezes invocados para decidir a questão, sob a premissa de que, por estarem mais próximos dos apóstolos, foram capazes de repercutir com mais fidelidade o ensino apostólico a respeito. Particularmente os arminianos consideram-se alinhados com o ensino dos Pais da Igreja e acusam os calvinistas de inovação, por destoarem deles, embora haja reformados que pensem ser o contrário. Dessas doutrinas, a da expiação, especialmente no aspecto de sua extensão, é uma das que recebe maior atenção, haja vista ser a que gera maior dificuldade de consenso.

(mais…)

Meu herege de estimação

Posted by João Rodrigo Weronka in HERESIAS | IGREJA - (Comentários desativados em Meu herege de estimação)

meu herege1

Por João Rodrigo Weronka

Gostos pessoais nunca deveriam ser colocados em pé de igualdade ao Evangelho. Quando a subjetividade dos gostos pessoais se infiltra no contexto da igreja, a possibilidade de problemas é tão certa como o fulgor do sol do meio-dia. O Evangelho deveria ser o norteador de absolutamente tudo que acontece na igreja, justamente por que a igreja deveria estar sendo conduzida sob a direção do Evangelho. O grande problema que pode ser observado e que se torna um desafio para nossos dias é que os falsos ensinos e falsos mestres estão se multiplicando como fogo em palha, justamente pelo clamor e anseio de gostos pessoais.

(mais…)

O Espírito Santo em Romanos

Posted by Jean Seifert in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O Espírito Santo em Romanos)

espirito-santo-romanos

Por Jean Seifert

O livro de Romanos é a primeira das cartas apostólicas no novo testamento e provavelmente a mais importante. Todas as outras cartas do Novo Testamento parecem terem sido escritas e enviadas às igrejas, mas Romanos não tem paralelo com o restante das escrituras, pois é destinada a igreja como um todo, pois o propósito era de apresentar o Evangelho aos que nunca tinham se encontrado com Paulo. Pelo Evangelho ser o foco da Carta, O Espirito Santo não tem tanta frequência nas citações de Paulo.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.