julgamentofinal

Por Tim Barnett

Traduzido por Semi Chung Azeka – Artigo original aqui.

Há uma tendência em nossa apresentação do evangelho que é o de nos posicionarmos em favor daquilo que faz as pessoas se sentirem bem – “Deus te ama. Ele deu sua vida por você. Ele quer se relacionar com você.” Tudo isso é absolutamente verdadeiro. Mas não representam o evangelho completo.

(mais…)

divinaparceria

Por Marcelo Berti

O ministério cristão consiste em nada mais nada menos do que replicar (1Jo.2.3) e reproduzir (Jo.15.16) o ministério que Cristo iniciou durante seu tempo aqui na terra. Consiste em encarnar os valores do Rei (Mat.5.3-12), para então proclamar a mensagem do Reino (Mat.5.13-16). Consiste em fazer o que Ele fez do modo que Ele faria (Mat.28.19). E diferente do que se pensa, tal ministério não nos é pesado, nem enfadonho, pois sabemos que Aquele que nos convida a servi-lo é Aquele cujo jugo é suave e o fardo é leve (Mat.11.30).

(mais…)

Princípios da doutrina da igreja – parte 3

Posted by Jonas Ayres in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Princípios da doutrina da igreja – parte 3)

DOUTRINA IGREJA ECLESIOLOGIA 3

Por Jonas Ayres

OS DONS DO ESPÍRITO

Dos assuntos controversos e polêmicos da igreja no momento atual, o “Movimento Carismático” é um dos que estão mais em voga. Igrejas de linha reformada resistem ao que se designa como “Pentecostal Reformado”, taxando por muitas vezes como “onda teológica”.

(mais…)

O sujeito à luz das Sagradas Escrituras

Posted by Matheus Negri in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O sujeito à luz das Sagradas Escrituras)

osujeito

Por Matheus Negri

Se o ser humano não consegue encontrar respostas para seus anseios, dúvidas e problemas olhando para dentro de si ou para a história, se faz mais do que necessário procurar em Deus, seu Criador, a resposta para a pergunta “quem eu sou?”. Somente nas Sagradas Escrituras que o ser humano encontrará o seu propósito, e é no primeiro livro, Gênesis, o livro dos começos que encontra se a criação do ser humano. São dois os relatos, Gênesis 1.26 e Gênesis 2.7, o ser humano como ápice da criação e espelhando a imagem divina e ao mesmo tempo formado pelo pó da terra, simples como tendo sua origem naquilo que pisaria por toda a sua existência, porém com o espírito, o sopro de Deus, lhe dando vida.

(mais…)

Princípios da doutrina da igreja – parte 2

Posted by Jonas Ayres in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Princípios da doutrina da igreja – parte 2)

DOUTRINA IGREJA ECLESIOLOGIA 2

Por Jonas Ayres

A QUALIDADE DE VIDA COMUNITÁRIA

Fomentar o desenvolvimento, o crescimento, a expansão da igreja como ajuntamento de pessoas sem focar que se tratando do Reino de Deus na terra pode nos levar a erros que talvez não tenham cura ou, na melhor das hipóteses, gerar profundas cicatrizes.

(mais…)

DOUTRINA IGREJA ECLESIOLOGIA 1

Por Jonas Ayres

INTRODUÇÃO

Falar sobre Eclesiologia – a doutrina da igreja – nunca foi fácil. Articular ideias sobre aquilo que todo cristão comprometido com as Escrituras almeja ver como uma igreja saudável e bíblica é um grande desafio.

Nestes dias que o sociólogo polonês Zygmunt Bauman chama de “tempos líquidos”[1], trabalhar com a solidez de instituições pode ser considerado como um desafio quase homérico. E como faz falta pensar sobre a importância dos elementos que garantem a solidez de núcleos e instituições.

(mais…)

Peregrinos da religiosidade encontrados pela cruz

Posted by Sandro Veiga in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Peregrinos da religiosidade encontrados pela cruz)

PEREGRINOS RELIGIÃO

Por Sandro Veiga

“E obrigaram um homem que passava por ali, vindo do campo, a carregar-lhe a cruz. Era Simão de Cirene, pai de Alexandre e de Rufo”. Marcos 15:21

Já escrevi em outra ocasião a seguinte citação:

“Religião é toda a tentativa do homem buscar a Deus, por isso são muitas as religiões; Evangelho é Deus buscando o homem, por isso só existe um Evangelho”. Este texto é uma constatação bíblica desta verdade.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.