TZVETAN TODOROV

Por Davi Lago

Considerando a missão da Associação Brasileira de Cristãos na Ciência em operar como uma embaixada de sentido entre o universo da fé cristã e o universo da ciência, e seu objetivo em “promover o diálogo aberto, honesto e respeitoso entre estes dois campos, tendo sempre e conta a liberdade e a soberania das respectivas esferas sociais e as finalidades intrínsecas de cada esfera”[1], propomos no presente texto algumas reflexões a partir de uma leitura de Tzvetan Todorov – sobretudo sua análise do cientificismo e do moralismo a partir do Iluminismo.

(mais…)

Predicamento humano

Posted by Djesniel Krause in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Predicamento humano)

predicamento humano

Por Djesniel Krause

O predicamento humano não se trata de um argumento dedutivo como o argumento cosmológico ou o argumento moral, mas é um indicativo bastante convincente da existência de Deus e um ponto de contato valioso, capaz de alcançar diversas faixas etárias e classes sociais.

(mais…)

Freud: fundação do sujeito, cultura e religião

Posted by Matheus Negri in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Freud: fundação do sujeito, cultura e religião)

freud

Por Matheus Negri

Vamos estudar algumas considerações importantes da psicanálise para a Ética. Primeiro é importante ressaltar que a psicanálise não prevê uma moral no sentido de costume, mas uma ética, isto é, uma reflexão crítica da moral. Um bom exemplo é o movimento de maio de 1968 na França onde os psicanalistas não participaram. Para responder a crítica Lacan disse que a psicanálise estava para criticar os sistemas de poder, e no caso dos estudantes e as passeatas previam o poder. Veremos um pouco sobre a biografia de Freud, o sujeito em psicanálise, a relação entre cultura, sociedade e religião e as implicações para a teologia. Olharemos em uma perspectiva filosófica e não clínica.

(mais…)

relativismo

Por Leonardo Gonçalves

Durante dois anos dediquei parte do meu tempo para discutir com relativistas ateus acerca da existência de uma verdade universal e absoluta. Sabe o que eu descobri? Que algumas pessoas têm uma vontade enorme de discordar, mesmo em face das maiores evidências. A segunda grande lição que tirei foi que o relativista é um debatedor desleal; como debater a verdade com alguém que crê que todas as proposições são igualmente verdadeiras (não havendo, consequentemente, nenhuma verdade?).

(mais…)

Immanuel Kant: a hermenêutica como chave para a moralidade

Posted by Matheus Negri in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Immanuel Kant: a hermenêutica como chave para a moralidade)

kant

Por Matheus Negri

Por toda a obra de Kant pode se encontrar teses sobre a disciplina da hermenêutica, porém suas teses não são levadas em consideração por historiadores da hermenêutica, mesmo com o reconhecimento por parte de Dilthey, Heidegger e Gadamer da importância de suas teses para a hermenêutica moderna, porém a influência do neokantismo, que visualiza Kant apenas sob sua teoria do conhecimento das ciências naturais venceu estes mesmos autores.[1] Já para Paul Tillich, Kant possui uma influência maior do que Hegel e Schleirmacher para a teologia como um todo. Sua grandeza está em realizar os ideais Iluministas e depois os superar. A impossibilidade de se chegar racionalmente a Deus, a liberdade e imortalidade, devido à finitude da razão humana, foi aceito como um pressuposto básico pelos pensadores do século XIX e XX, poucos tentaram se o por, mesmo Karl Barth aceitou plenamente sua crítica.[2]

(mais…)

O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha)

teia-de-aranha

Por Eliandro da Costa Cordeiro

O calendário, os rituais de passagens e aniversários não me assustam mais. Aprendi com Agostinho e com Pascal[1] que o Tempo nunca aceitou se prender às ideias humanas. Observaram que o passado, futuro e, mormente, o presente são furtivos. A vida segue solta, livre (Ec.11.4).

(mais…)

Conhecendo Nietzsche: A crítica ao cristianismo – Ensaio 04

Posted by Matheus Negri in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Conhecendo Nietzsche: A crítica ao cristianismo – Ensaio 04)

nietzsche04

Por Matheus Negri

Encerramos assim, esta breve série sobre o pensamento nietzschiano a partir de quatro chaves hermenêuticas: niilismo, morte de Deus, ressentimento e agora a sua crítica ao cristianismo enquanto religião estruturadora do ocidente.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.