Meu herege de estimação

Posted by João Rodrigo Weronka in HERESIAS | IGREJA - (Comentários desativados em Meu herege de estimação)

meu herege1

Por João Rodrigo Weronka

Gostos pessoais nunca deveriam ser colocados em pé de igualdade ao Evangelho. Quando a subjetividade dos gostos pessoais se infiltra no contexto da igreja, a possibilidade de problemas é tão certa como o fulgor do sol do meio-dia. O Evangelho deveria ser o norteador de absolutamente tudo que acontece na igreja, justamente por que a igreja deveria estar sendo conduzida sob a direção do Evangelho. O grande problema que pode ser observado e que se torna um desafio para nossos dias é que os falsos ensinos e falsos mestres estão se multiplicando como fogo em palha, justamente pelo clamor e anseio de gostos pessoais.

(mais…)

Nós não precisamos de apologistas

Posted by Robson T. Fernandes in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Nós não precisamos de apologistas)

apologistas

Por Robson T. Fernandes

Uma conversa comigo mesmo

Estava pensando sobre o assunto e percebi que estava conversando comigo mesmo. Então, resolvi digitar esse “diálogo” solitário que tive comigo mesmo sobre o tema, achando que talvez pudesse ajudar alguém de alguma forma.

Eu estou percebendo que é cada vez mais comum algumas pessoas dizerem: a fé cristã não precisa ser defendida, ninguém precisa defender a igreja ou o evangelho e sim pregar o Evangelho.

(mais…)

É o relato da primeira visão de Joseph Smith confiável?

Posted by Stand to Reason in HERESIOLOGIA | Mormonismo - (Comentários desativados em É o relato da primeira visão de Joseph Smith confiável?)

visaojosephsmith

Por J. Warner Wallace

Tradução: Nathan Cazé

(Is the Account of Joseph Smith’s First Vision Reliable?)

A “Evolução” de um Relato

Com o passar do tempo, parece que a história de Joseph acerca de sua primeira visão de Deus relacionado à sua descoberta das placas de ouro (da qual o Livro do Mórmon foi traduzido) mudou sobremaneira. Elementos fundamentais variaram ao passar dos anos em que foi primeiramente descrito. Lembre-se de que Joseph disse que ele recebeu esta visão (antes da descoberta) e ficou calado sobre isto por vários anos antes que ele compartilhasse com qualquer um! Então, todas as descrições dele são bem depois do fato. Podemos querer começar com alguns fatos e datas históricos conhecidos para ajudar-nos a verificar as afirmações de Joseph.

(mais…)

2012: Estamos vivendo os últimos dias?

Posted by Johnny Bernardo in APOLOGÉTICA | Cosmovisão | Cultura e Mídia | Modismos | Nova Era | Esoterismo - (Comentários desativados em 2012: Estamos vivendo os últimos dias?)

Por Johnny Bernardo

Em algum lugar do deserto de Mojave uma construção chama a atenção. Com a aparência de uma garagem, o local não despertaria a atenção não fosse pelo fato de que a cinco metros de profundidade abriga uma série de repartições. Após descer dois lances de escadas, o visitante se depara com uma porta de 3.000 quilos e é recebido por um senhor com um sorriso no rosto que lhe pergunta: “Você tem família?” Ao adentrar o recinto, o visitante é conduzido por um corredor que o leva a um salão principal de onde é possível acessar alguns cubículos – pequenos cômodos imobiliados com que há de melhor no mercado de decoração e comodidade. Cozinha, quarto, banheiro – tudo que há numa casa convencional acrescida de uma série de outras comodidades, como ar – condicionado. O bunker conta também com posto médico, teatro e sala de ginástica.

(mais…)

O fim do calendário maia

Posted by Alex Belmonte in APOLOGÉTICA | Apologética Geral - (Comentários desativados em O fim do calendário maia)

Por Alex Belmonte

Nada é tão prejudicial ao estudo da profecia neotestamentária do que imaginar que o Deus Eterno, que está separado e acima do tempo, está limitado pelos relógios e calendários dos homens.”. Edward M. Blaiklock

Há alguns anos que estudiosos religiosos e sensacionalistas em todo o mundo se voltam para a contagem do tempo por meio do calendário maia. As notícias acerca do fim do mundo que já estavam em evidência nos meios de comunicação, agora possuem data “certa” para a conclusão “profética’” acerca da destruição do planeta: 21 de dezembro de 2012.

(mais…)

1975: Quando o fim não veio

Posted by Marcelo Berti in HERESIOLOGIA | Testemunhas de Jeová - (Comentários desativados em 1975: Quando o fim não veio)

Por Marcelo Berti

“É verdade que houve aqueles que em tempo passados anunciaram o fim do mundo, até mesmo anunciando uma data específica. Alguns ajuntaram grupos de pessoas a eles e fugiram para as colinas ou se retiraram para suas casas, aguardando o fim. Todavia, nada aconteceu. O fim não veio. Eram culpados per profetizar falsamente. Por que? O que estava faltando? Faltava a plena medida de evidência exigida em cumprimento da profecia bíblica. O que tais pessoas não tinham eram as verdades de Deus e a evidência de que Ele as guiava e usava” – Despertai de 22 de Abril de 1969, pp23

Não é novidade para ninguém que as testemunhas de Jeová são um grupo religioso no mínimo interessante. Não apenas pelo irritante hábito de bater na sua porta para falar sobre o que você não quer escutar ou para oferecer uma literatura que você não quer ler, mas principalmente pelo fato se se considerarem a única religião verdadeira.

(mais…)

Por dentro do Creciendo en Gracia: escândalos e falsas doutrinas

Posted by Johnny Bernardo in Cresciendo en Gracia – MICG - (Comentários desativados em Por dentro do Creciendo en Gracia: escândalos e falsas doutrinas)

Por Johnny T. Bernardo

Augusto nasceu na Barra da Tijuca, tem 26 anos, estuda engenharia, namora com Mariane há cinco anos e frequenta o Ministério Internacional Creciendo en Gracia há pouco menos de um ano. No entanto, o que mais chama atenção nesse jovem carioca de classe média é uma tatuagem em seu braço esquerdo com os números 666. Ele é apenas um entre os milhares de jovens que circulam pela sede nacional, na Rua Barão do Bom Retiro, 88, Engenho Novo, RJ. Ali funciona, além da igreja mãe (diga-se “Centro Educativo”) um departamento de envios e o escritório administrativo. As reuniões acontecem aos domingos, às 10h e as sexta-feiras, às 19h30.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.