O Evangelho sem o Julgamento Final não é o Evangelho

Posted by Stand to Reason in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O Evangelho sem o Julgamento Final não é o Evangelho)

julgamentofinal

Por Tim Barnett

Traduzido por Semi Chung Azeka – Artigo original aqui.

Há uma tendência em nossa apresentação do evangelho que é o de nos posicionarmos em favor daquilo que faz as pessoas se sentirem bem – “Deus te ama. Ele deu sua vida por você. Ele quer se relacionar com você.” Tudo isso é absolutamente verdadeiro. Mas não representam o evangelho completo.

(mais…)

O pensamento clássico sobre a temporalidade e eternidade

Posted by Cristiano Nickel in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O pensamento clássico sobre a temporalidade e eternidade)

tempo-eternidadeab

Por Cristiano Nickel

[i]Derivado

não que eu me importe
mas asseguro
não há mais portos
seguros
aderi aos delírios do meu tempo
sou barco à deriva
e me contento    (mais…)

O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O calendário da Eternidade fixado na teia da aranha)

teia-de-aranha

Por Eliandro da Costa Cordeiro

O calendário, os rituais de passagens e aniversários não me assustam mais. Aprendi com Agostinho e com Pascal[1] que o Tempo nunca aceitou se prender às ideias humanas. Observaram que o passado, futuro e, mormente, o presente são furtivos. A vida segue solta, livre (Ec.11.4).

(mais…)

Um estilo para a vida eterna

Posted by Denis Monteiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Um estilo para a vida eterna)

ESTILO VIDA ETERNA

Por Denis Monteiro

Quando tratamos de estilos vemos uma diversidade deles em nossa sociedade. Esses estilos, no entanto, não são vagos, eles querem transmitir alguma mensagem ou ideal. Não obstante, isso não foge à regra do cristianismo. Não estou dizendo que o crente deve vestir isso ou aquilo, mas que o seu estilo de vida, o qual vai além de vestimentas, deve transmitir quem você é realmente, mostrando que a ética do cristianismo não se reduz a coisas passageiras que mudam com o tempo.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.