planitudedeus

Por Marcelo Berti

“Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus. Por isso, não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há devassidão, mas enchei-vos do Espírito” (Ef.5.15-18)

As escrituras são claras quanto as demandas morais esperadas do cristão: Ele deve manter um padrão exemplar entre os não cristãos (1Pe.2.15ss), em obediência aos mandamentos de Cristo (1Jo.2.3ss) e aos mandamentos da lei (Rm.8.4) na demonstração de amor a Deus (Mt.22.37Mc.12.30) e aos outros (Rm.13.8; Gl.5.14). Entretanto, é importante afirmar que Deus não espera que o homem por sua força atinja tal padrão. O ser humano caído e resgatado pela Graça pode somente pela Graça alcançar as exigências divinas do cristianismo. Por isso mesmo é que o próprio Deus providencia o Espírito Santo como agente divino no homem para habilitá-lo a cumprir as exigências da lei:   (mais…)

Verdades e equívocos quanto ao pecado

Posted by Alex Belmonte in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Verdades e equívocos quanto ao pecado)

verdades equivocos pecado

Por Alex Belmonte

É muito importante que primeiro tenhamos uma compreensão adequada quanto ao significado do termo “pecado”, visto que muitos erros modernos a respeito dessa palavra têm causado sérios danos ás demais disciplinas da teologia. O falso entendimento acerca do pecado e de seus efeitos na vida do homem, podem com toda certeza afetar todo um contexto de vivência cristã e relacionamento espiritual com Deus, e isso podemos ver em algumas denominações evangélicas, onde a Igreja é vista como uma instituição mais para escravidão do que para libertação.   (mais…)

emchamas

Por Marcelo Berti

Certa vez, um jovem cristão da igreja Assembléia de Deus e estudante de teologia participou de um culto onde um jovem evangelista pregava. Na ocasião, esse evangelista contou uma história que o jovem estudante de teologia já conhecia, e sabia que o evento não tinha acontecido tal como contava o evangelista. Na manhã seguinte, ele resolveu abordar o evangelista para ajudá-lo a entender melhor a história. Infelizmente seus esforços não foram recebidos com muito entusiasmo, e no culto noturno no mesmo dia, aquele jovem evangelista falou uma das frases que marcaria sua vida: “Eu prefiro ser um tolo em chamas, do que um teólogo no gelo.” Naquele momento ele percebeu que havia encontrado um tolo em chamas, mas que não gostaria em hipótese nenhuma ser um teólogo no gelo. Foi nessa ocasião que ele decidiu ser um teólogo em chamas!

(mais…)

O Espírito Santo em Romanos

Posted by Jean Seifert in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O Espírito Santo em Romanos)

espirito-santo-romanos

Por Jean Seifert

O livro de Romanos é a primeira das cartas apostólicas no novo testamento e provavelmente a mais importante. Todas as outras cartas do Novo Testamento parecem terem sido escritas e enviadas às igrejas, mas Romanos não tem paralelo com o restante das escrituras, pois é destinada a igreja como um todo, pois o propósito era de apresentar o Evangelho aos que nunca tinham se encontrado com Paulo. Pelo Evangelho ser o foco da Carta, O Espirito Santo não tem tanta frequência nas citações de Paulo.

(mais…)

Creio no Espírito Santo

Posted by Denis Monteiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Creio no Espírito Santo)

credo-espirito-santo

Por Denis Monteiro

Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja Universal; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição do corpo; na vida eterna. Amém.

Chegamos à parte final do Credo, que tem como “Creio” a terceira Pessoa da Trindade, o Espírito Santo. O Credo, de forma lógica, após tratar da ascensão de Cristo, mostra agora a pessoa do Espírito Santo no estabelecimento da Igreja, a comunhão dos santos que estão espalhados pelo mundo entre povos, línguas e nações, a remissão de pecados, a nossa ressurreição no último dia e a entrada na vida eterna como parte de sua confissão.  (mais…)

A graça de Deus, muito difundida, mas pouco compreendida

Posted by Flávio Santos in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A graça de Deus, muito difundida, mas pouco compreendida)

gracadedeus

Por Flávio Santos

A graça comumente é conhecida como o favor imerecido de Deus ao homem pecador.

A teologia divide a graça em comum e especial. A graça comum é aquela que é comunicada a todos os homens, dando-lhes bênçãos sem medida. É por meio dela que Deus controla o mundo para que este não sucumba. A graça especial é soteriológica, pois é por ela que o homem é salvo. É a comunicação da salvação de Deus ao pecador.

(mais…)

Quando a igreja não serve para nada

Posted by Davi Lago in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Quando a igreja não serve para nada)

servenada

Por Davi Lago

O relato de Mateus 17.14-21 nos ensina lições valiosas sobre os discípulos de Jesus.

A narrativa informa que havia um jovem possesso pelo mal. Um jovem que tinha ataques e sofria muito. Somos informados que ele caia “no fogo ou na água” (Mt 17.15b). O rapaz era um exemplo supremo de destruição com fortes tendências suicidas. Infelizmente, há muitos jovens assim em nosso tempo. Jovens vivendo literalmente com um comportamento autodestrutivo.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.