protestantes e catolicos

Por Kevin DeYoung

Traduzido por Anderson Rocha – Artigo original aqui.

Pergunte a um protestante sério qual é a maior ameaça para o cristianismo ortodoxo hoje, e ele pode mencionar as hostilidades culturais, a revolução sexual ou o nominalismo em nossas igrejas. Mas se você tivesse feito essa mesma pergunta para um Protestante há uns cem anos, ele quase certamente mencionaria a Igreja Católica Romana. Até recentemente, protestantes e católicos neste país eram, se não inimigos, seriam como jogadores em equipes opostas.

(mais…)

Louvor e a concretude da vida

Posted by Davi Lago in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Louvor e a concretude da vida)

louvor-concretude

Por Davi Lago

“Aleluia! Louvem a Deus no seu santuário, louvem-no no seu poderoso firmamento. Louvem-no pelos seus feitos poderosos, louvem-no segundo a imensidão de sua grandeza! Louvem-no ao som de trombeta, louvem-no com a lira e a harpa, louvem-no com tamborins e danças, louvem-no com instrumentos de cordas e com flautas, louvem-no com címbalos sonoros, louvem-no com címbalos ressonantes. Tudo o que tem vida louve o Senhor! Aleluia!”
– Salmo 150.1-6

Louvar a Deus é algo concreto. Louvor não é tagarelice. Louvar a Deus não é se alienar dos desafios da vida em êxtases místicos. Louvor não é cantarolar palavras vazias ao vento. Pelo contrário, louvar a Deus tem a ver com a concretude da vida.

(mais…)

Para se viver depois da Ressurreição

Posted by Eliandro da Costa Cordeiro in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Para se viver depois da Ressurreição)

DEPOIS DA RESSURREICAO

Por Eliandro da Costa Cordeiro

Descobrir que Cristo vive é ter os olhos abertos para uma nova leitura da vida. A sua ressurreição trouxe consigo um novo relacionamento do indivíduo com Deus e com o próximo. Possibilitou que a alma humana, antes escravizada pelo medo da vida (eterna)vivesse com as portas destrancadas para a nova realidade que se abre para a vida. E é esta, e nesta, mesma vida que se descobre outro sentido para ser e existir. A Ressurreição ensina à fragilidade do homem que, em Cristo, há uma nova maneira de caminhar nesta vida. Deixa claro, portanto, que esta vida é apenas a continuidade de sua eternidade.

(mais…)

Expiação nos pais apostólicos

Posted by Clóvis Gonçalves in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Expiação nos pais apostólicos)

EXPIAÇÃO PAIS APOSTOLICOS

Por Clóvis Gonçalves

No milenar debate sobre as doutrinas da graça, os chamados Pais da Igreja são muitas vezes invocados para decidir a questão, sob a premissa de que, por estarem mais próximos dos apóstolos, foram capazes de repercutir com mais fidelidade o ensino apostólico a respeito. Particularmente os arminianos consideram-se alinhados com o ensino dos Pais da Igreja e acusam os calvinistas de inovação, por destoarem deles, embora haja reformados que pensem ser o contrário. Dessas doutrinas, a da expiação, especialmente no aspecto de sua extensão, é uma das que recebe maior atenção, haja vista ser a que gera maior dificuldade de consenso.

(mais…)

Verdades e equívocos quanto ao pecado

Posted by Alex Belmonte in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Verdades e equívocos quanto ao pecado)

verdades equivocos pecado

Por Alex Belmonte

É muito importante que primeiro tenhamos uma compreensão adequada quanto ao significado do termo “pecado”, visto que muitos erros modernos a respeito dessa palavra têm causado sérios danos ás demais disciplinas da teologia. O falso entendimento acerca do pecado e de seus efeitos na vida do homem, podem com toda certeza afetar todo um contexto de vivência cristã e relacionamento espiritual com Deus, e isso podemos ver em algumas denominações evangélicas, onde a Igreja é vista como uma instituição mais para escravidão do que para libertação.   (mais…)

A história, Jesus e a Trindade

Posted by Marcelo Berti in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A história, Jesus e a Trindade)

historia-jesus-trindade

Por Marcelo Berti

Um dos desafios de se manter um blog de teologia na Internet, é responder algumas perguntas teológicas de pessoas que não participam da fé cristã. É muito difícil estabelecer um campo conceitual em comum para dialogar sobre um assunto que temos como verdade com pessoas que a priori a rejeitam. Nesses pouco mais de oito anos de Teologando [1], já aprendi muito nesses diálogos, e acredito que ainda posso aprender mais.  (mais…)

O relacionamento pastoral consigo mesmo

Posted by Silas Alves Figueira in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em O relacionamento pastoral consigo mesmo)

relacionamento pastoral

Por Silas Alves Figueira

Charles H. Spurgeon declara que nós somos em certo sentido as nossas próprias ferramentas, e, portanto, devemos guardar-nos em ordem. Nosso próprio espírito, alma, corpo, e vida interior são as nossas mais íntimas ferramentas para o serviço sagrado.[1] O sucesso de um profissional, até certo ponto, independe de sua vida particular ou privada. E é um pouco provável que o caráter de um arquiteto, médico ou dentista vá interferir diretamente no seu desempenho profissional. Porém, não á assim com o ministro de Deus.[2] O bom desempenho do ministro está fundamentalmente ligado ao seu caráter. Ele lidera pessoas a quem deve ensinar a verdade e procurar desenvolver o bem-estar e o crescimento espiritual delas. O apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo lhe disse: “Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza” (1Tm 4.12).

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.