Cosmovisão: o que é?

Postado por João Rodrigo Weronka em APOLOGÉTICA | Apologética Geral | Cosmovisão - (Comentários desativados em Cosmovisão: o que é?)

Por João Rodrigo Weronka

Todo ser humano possui uma cosmovisão. Talvez você já tenha lido esta palavra em algum lugar ou mesmo ouvido algo sobre o assunto, mas não tem a menor idéia do significado deste termo. Mas saiba que mesmo assim, mesmo sem saber o que é isso, você possui uma cosmovisão.

Aquilo que cada pessoa é, o que defende, o que vive, é resultado da cosmovisão que permeia sua vida. Em nosso caso específico, vivemos de acordo com a Cosmovisão Cristã (um desdobramento da Cosmovisão Teísta). Como a humanidade é diversificada ao extremo, nos mais distintos aspectos, existe uma gama muito variada de cosmovisões.

[+] Leia mais

Nova Era: por que este assunto ainda é importante?

Postado por João Rodrigo Weronka em HERESIOLOGIA | Nova Era | Esoterismo - (Comentários desativados em Nova Era: por que este assunto ainda é importante?)

Por João Rodrigo Weronka

Quem nunca ouviu falar sobre o Movimento Nova Era? É bem provável que de algum modo muitos de nós já tiveram contato com tal movimento ou mesmo tenham ouvido alguém falar sobre este assunto de modo ríspido e com viés de conspiração: “Cuidado! Isso é coisa da Nova Era!”.

Muitos cristãos vivem numa paranóia, achando que a Nova Era está em tudo, outros desprezam estudos de natureza apologética cristã sobre a Nova Era, achando que é perda de tempo. Veremos que nenhum extremismo é proveitoso. Mas afinal, o que é Nova Era? De onde veio e para onde leva? O que pretende? Por que este assunto ainda é importante?

[+] Leia mais

O exclusivismo cristão

Postado por João Rodrigo Weronka em APOLOGÉTICA | Apologética Geral - (Comentários desativados em O exclusivismo cristão)

Por João Rodrigo Weronka

Podemos resumir o “exclusivismo cristão” da seguinte maneira: Jesus Cristo é o Filho de Deus; Ele é o Senhor e Salvador e crer nEle é essencial para alcançar a salvação. As Sagradas Escrituras apontam uma série de textos que afirmam esta verdade, por exemplo:

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira, que deu seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16

“E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” Atos 4.12

Não é raro vermos manifestações calorosas dos mais variados segmentos religiosos acusando o cristianismo de ser uma religião intolerante, onde seus membros não passam de um bando de hipócritas arrogantes que afirmam que só existe um caminho. A mais recente explosão de manifestações ateístas teve como estopim a suposta indignação de Ariane Sherine, uma escritora de comédias da Inglaterra, que leu num site cristão que todo aquele que não crê em Jesus como redentor está condenado. Amplamente divulgada pela mídia, sua campanha ateísta não causou impacto apenas na Inglaterra, mas nos quatro cantos do planeta. Além de conseguir arrecadar cifras significativas para patrocinar sua jornada anti-Deus, Sherine tem o forte apoio de figurões ateus, como por exemplo, Richard Dawkins, autor de “Deus, um delírio”. [1]

[+] Leia mais

Por João Rodrigo Weronka

A afirmação a seguir é quase uma unanimidade em círculos sociais: “Política, futebol e religião não se discute”. Vamos nos ater apenas a questão da religião. Baseado na falsa premissa não devemos debater sobre assuntos religiosos, aqueles que levantam essa bandeira bradam, na mesma voz que todos os caminhos levam a Deus (ou ao paraíso, ou à salvação). Será?

 Ao analisar as crenças de alguns grupos religiosos, principalmente quando observamos o que estes grupos afirmam sobre questões básicas da fé cristã, no que diz respeito a quem é Deus, Jesus Cristo, Espírito Santo, o homem, a Bíblia, a igreja, a salvação e o pecado, podemos constatar que não existe concordância, que não se fala a mesma língua. Vejamos, de modo bem resumido, três exemplos de credos muito distintos:

[+] Leia mais

Tripé Básico do Cristianismo – Parte 3: Defender

Postado por João Rodrigo Weronka em APOLOGÉTICA | Apologética Geral | Cosmovisão - (Comentários desativados em Tripé Básico do Cristianismo – Parte 3: Defender)

Por João Rodrigo Weronka

Quem precisa de apologética? Afinal, é mesmo necessária a tal “defesa da fé”? Não seria mais proveitoso investir tempo e esforços nos métodos de evangelismo “tradicionais”? A apologética é bíblica?

Se você gosta e entende a necessidade da apologética já deve ter ouvido questionamentos assim ou semelhantes. Se você é um cristão avesso a aplicação e necessidade da apologética já deve ter feito tais questionamentos (ou, ao invés de questionamentos, deve ter afirmado que a apologética é desnecessária). Talvez você não esteja nem lá, nem cá. Este texto (o mais longo da série – peço sua paciência) finaliza esta simples trilogia e não tem a menor presunção de ser a palavra final sobre o assunto – um vasto assunto – trata-se de uma tentativa de acalmar os ânimos daqueles que não aceitam a disciplina apologética bem como orientar os extremistas que fizeram – e fazem – da apologética algo dispensável.

[+] Leia mais

meias-verdades

Por Marcos Batista Lopes

Iremos analisar as meias verdades (mais precisamente – mentiras) que alguns pregadores em nossos dias difundem entre as igrejas evangélicas:

1. Por que Deus se agrada que os cristãos desfrutem Suas bênçãos, a doença revela que você está fora de Sua vontade.

2. O pecado é a raiz de toda doença; portanto você deve resistir à doença da mesma forma que resiste ao pecado.

3. Visto que Cristo morreu pelas suas enfermidades e pelos seus pecados, você deve viver livre de ambos.

4. Se você tiver fé suficiente, será curado.

5. O que você confessa, você tem. Então fale de enfermidade e você estará doente; fale de cura e você estará curado.

[+] Leia mais

Jesus ou Je$u$?

Postado por Outros autores em HERESIAS | IGREJA | Teologia da Prosperidade - (Comentários desativados em Jesus ou Je$u$?)

Por Marcos Batista Lopes

Após à vigorosa ascensão do pentecostalismo, as últimas décadas assistiram ao surgimento de um novo movimento, conhecido como neopentecostalismo.

Apesar de recente, este fenômeno religioso logo se fortaleceu ao reinterpretar o evangelho de Cristo de maneira triunfalista, desprezando doutrinas bíblicas capitais, como a soberania de Deus e o sofrimento do justo, em detrimento de uma busca obsessiva pela saúde e sucesso financeiro. Uma panacéia teológica aglutina “visões” extravagantes, interpretações bíblicas arbitrárias, mitos e filosofias pagãs que ameaçam os fundamentos da verdadeira fé e requerem uma resposta urgente, precisa – e, sobretudo, ortodoxa.

[+] Leia mais

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.