Uma exposição do Argumento Ontológico

Postado por Djesniel Krause em APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Uma exposição do Argumento Ontológico)

ontologico

Por Djesniel Krause

O argumento ontológico foi proposto primeiramente no século XI por Anselmo de Cantuária, que de acordo com Lawson “foi o pensador mais original que a igreja já viu desde Agostinho”[1] e a partir de então “continuou assumindo uma grande variedade de formas, sendo defendido por Duns Scotus, Descartes, Espinosa, Leibniz e outros”[2].

[+] Leia mais

Pecados graves

Postado por The Gospel Coalition em VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Pecados graves)

pecadosgraves

Por Kevin DeYoung

Traduzido por Anderson Rocha – Artigo original aqui.

Todo pecado é grave, mesmo aqueles que parecem respeitáveis.

Mas não significa que alguns pecados não merecem mais atenção do que outros.

Na verdade, quando a Bíblia recita uma série de pecados, ela costuma mencionar muitos dos mesmos. E enquanto nós não queremos fazer ética por meio de uma relação, é interessante observar quais são os pecados mencionados, quantas vezes, e em qual lugar.

[+] Leia mais

A cadeia inquebrável da salvação

Postado por Clóvis Gonçalves em REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A cadeia inquebrável da salvação)

salvação

Por Clóvis Gonçalves

Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.” (Rm 8.29–30)

Introdução

Salvação e cinco pontos remetem ao acróstico TULIP, conhecidos como os cinco pontos do calvinismo: total depravação, eleição incondicional, expiação limitada, graça irresistível e perseverança dos santos. Mas neste artigo gostaria de enfatizar outros cinco pontos, relacionados com a ordem de salvação, os quais são geralmente referidos como elos da cadeia inquebrável da salvação divina, que começando na eternidade passada, mergulha na história e continua na eternidade futura.

[+] Leia mais

Santander Cultural

Postado por Maurício Montagnero em APOLOGÉTICA | Cultura e Mídia - (Comentários desativados em Santander Cultural)

santander cultural

Por Maurício Montagnero

UM POUCO DE FILOSOFIA POR TRÁS:

Vamos iniciar este texto pensando um pouco sobre arte Grega e a filosofia de Nietzsche? Assim veremos a relação que há entre essas com o que aconteceu no Santander Cultural.

[+] Leia mais

LIDERANCA ARAO

Por Silas Alves Figueira

Texto base: Êxodo 32.1-25

INTRODUÇÃO

Quando o Senhor disse para Moisés subir o monte Sinai para receber as tábuas as Lei, Moisés diz para as autoridades do povo que Arão e Hur estariam no arraial e iriam resolver os problemas que surgissem (Êx 24.13,14). O problema é que a pessoa que Moisés deixou em seu lugar não estava à altura do cargo que ficou exercendo. Arão era um homem que não tinha liderança. Era uma pessoa que não tinha convicção das suas responsabilidades. Ele poderia até ser um bom liderado, mas não um bom líder. Ele não tinha convicção de seus afazeres e sedia sob pressão.

[+] Leia mais

ÉFORTE

Por Antônio Pereira Jr.

Muitos cristãos se impressionam com qualquer coisa. Os modismos evangélicos são como ondas na praia, vem e vão e não produzem nada de extraordinário. Por mais de duas décadas envolvido nesse meio pude perceber que grande parte dos clichês gospels são como um “abracadabra” que os mágicos antigos usavam para ludibriar os incautos. Ou a senha “abre-te sésamo” que Ali-Babá utilizava em “As Mil e uma Noites” para abrir a porta automaticamente do esconderijo do tesouro que os 40 ladrões roubavam. O grande problema é que os 40 se multiplicaram em milhares.

[+] Leia mais

Cuidado com os lobos violadores

Postado por The Gospel Coalition em HERESIAS | IGREJA - (Comentários desativados em Cuidado com os lobos violadores)

LOBOS-VIOLADORES

Por Joe Carter

Traduzido por Anderson Rocha – Artigo original aqui.

Ao longo das Escrituras, o povo de Deus é citado como ovelha e Jesus como o Grande Pastor. O inimigo natural das ovelhas é o lobo que “as arrebata e as dispersa” (Jo 10:12). Nosso Pastor inclusive nos alerta para que tenhamos cuidado com os falsos profetas, que “vêm a vocês em peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores” (Mt 7:15).

[+] Leia mais

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.