Sequestraram a minha esposa e eu mandei matá-la…

Posted by Silas Alves Figueira in HERESIAS | IGREJA | Teologia da Prosperidade | VIDA CRISTÃ

Por Silas Alves Figueira

Dia 12/06, ‘Dia dos Namorados’, eu e minha esposa estávamos num banco resolvendo um problema, quando o meu celular tocou. Pedi licença e fui para fora do banco para atender a ligação. Para minha surpresa, uma mulher do outro lado da linha estava chorando desesperadamente dizendo que havia sido assaltada e sequestrada; confesso que gelei. Perguntei quem estava falando; pois para mim era a moça que trabalha em nossa casa, principalmente, porque ela recentemente nos disse que o bairro em que  mora estava ficando muito violento. Para minha surpresa, a pessoa disse que era a minha esposa. Sou eu, Cláudia, eu fui sequestrada Silas. Pelo amor de Deus me ajude. Mantive a calma e pedi para falar com o sequestrador. Um homem com voz de malandro disse que havia sequestrado a minha esposa e que era para eu pagar o resgate se quisesse vê-la viva novamente. Na mesma hora, respondi para o “sequestrador”:

– Pode matá-la, eu já estou cansado dela mesmo. Não aquento mais esta mulher ao meu lado me atormentando todo dia… Mata! Mata logo! Dê um tiro na cabeça dela, mas eu quero ouvir o barulho do tiro.

Aí o “sequestrador” me perguntou:

– Você não é Silas Alves Figueiredo? Eu respondi: Sou. Qual o problema? Já mandei matá-la.

O “sequestrador” antes de desligar o celular ainda me disse: – Seu …  (ele foi bem enfático ao me chamar de algo bem pejorativo) e desligou o celular.

Entrei no banco, sentei-me ao lado da minha querida esposa e disse para ela:

– Você foi sequestrada, não quis pagar o resgate e mandei te matar…

Recentemente “sequestraram” o meu filho que estava em casa, agora a minha mulher que estava comigo. Graças a Deus que foi só um golpe e mal sucedido. Comecei a pensar nos golpes que dão certo e esses bandidos acabam extorquindo pessoas inocentes, tirando-lhes até o que não têm.

Esses mesmos golpes têm ocorrido dentro de muitas igrejas ditas evangélicas. Você certamente dirá: Que isso pastor? Dentro das igrejas? Isso mesmo. Quantos “pastores”, “apóstolos” estão extorquindo os fiéis de suas igrejas aplicando o golpe do sequestro dos bens. Quantas pessoas sendo roubadas e enganadas com falsas promessas de que os seus bens (casamento, vida financeira, saúde…) serão devolvidos (restituídos), se derem dinheiro para os ministérios desses tais líderes. Quantas campanhas das mais esdrúxulas estão sendo feitas e inclusive por tele evangelista vendido a Mamom. Estão sequestrando os bens de pessoas inocentes que caem nos golpes desses bandidos disfarçados de líderes religiosos com seus títulos dos mais diversos. Líderes (bandidos), que agem sem nenhuma dor na consciência diante de pessoas simples que acreditam em suas promessas que devolverão o que, supostamente, lhes foram tirados.

O falso sequestro de minha esposa levou-me a refletir o quanto ela é importante em minha vida. São vinte e seis anos juntos e abençoados pelo Senhor. Se fosse verdade eu não saberia o que fazer, certamente venderia tudo para pagar o resgate. Assim fazem esses líderes bandidos, forjam um falso sequestro para extorquir tudo dos fiéis, afinal de contas a família é muito importante, uma vida financeira equilibrada trás segurança, sem saúde fica quase que impossível trabalhar, fora o dinheiro gasto com remédios. Esses bandidos sabem o quanto isso é importante para as pessoas, por isso “sequestram” os seus bens sem dó nem piedade com a promessa de devolvê-los com o pagamento do resgate.

Mas eu quero deixar para você que já foi vítima ou está sendo vítima desses pastores sequestradores que Deus é quem tudo nos dá e nada nos deixa faltar. É Ele quem supre todas as nossas necessidades: “Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas; buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mt 6.31-33). Veja também o que Paulo nos fala e Fl 4.19: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades.”

A nossa preocupação como cristãos não é servir a Deus pelo  que Ele dá e faz, mas servi-lo pelo  que Ele é. A nossa preocupação deve ser uma só: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” A nossa preocupação é servir ao Senhor e Ele na condição de Nosso Pai cuidará de nós. Em todo o tempo, Ele estará conosco independente das circunstâncias serem boas ou não.

Desligue-se do sequestrador ele não pode lhe devolver o que nunca lhe tomou. Fique com essa promessa do Senhor para a sua vida: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo” (Ef 1.3). E você não precisa pagar por isso, Cristo Jesus nosso Senhor já pagou!

Que Deus te abençoe!

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.

Comments Closed

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.