leibniz

Por Eliandro da Costa Cordeiro

O presente ensaio visa demonstrar o problema gerado por Leibniz ao tentar provar que o “melhor dos mundos possíveis” em nada torna as ações livres dos homens como determinadas logicamente por Deus. O ensaio não pretende apresentar uma solução (nem culpa a Leibniz por não a apresentar), mas apenas demonstrar que a questão é de longe de difícil solução, restando para muitos filósofos a procura por um caminho mitigado ou extremado.

(mais…)

DEPOIS DA RESSURREICAO

Por Eliandro da Costa Cordeiro

Descobrir que Cristo vive é ter os olhos abertos para uma nova leitura da vida. A sua ressurreição trouxe consigo um novo relacionamento do indivíduo com Deus e com o próximo. Possibilitou que a alma humana, antes escravizada pelo medo da vida (eterna)vivesse com as portas destrancadas para a nova realidade que se abre para a vida. E é esta, e nesta, mesma vida que se descobre outro sentido para ser e existir. A Ressurreição ensina à fragilidade do homem que, em Cristo, há uma nova maneira de caminhar nesta vida. Deixa claro, portanto, que esta vida é apenas a continuidade de sua eternidade.

(mais…)

autofilia

Por Jorge Fernandes Isah

Tornou-se comum entre os crentes frases do tipo:  “Não olhe para mim, olhe para Jesus”. Mas seria ela e suas corruptelas uma verdade? Digamos que… parcialmente, pois contém apenas uma fração da verdade.

Devemos olhar sempre para o nosso Senhor, pois é Ele quem nos dirigirá, revelando-nos, segundo a Escritura, a Sua vontade [para nós e nossos semelhantes] como Aquele que é o autor e consumador da nossa fé [Hb 12.2]. Contudo, isso não quer dizer que não devamos olhar para os homens, nem aprender com seus exemplos, seja imitando o que fazem de bom, e rejeitando prontamente seus erros, não incorrendo neles, tudo segundo e sob a luz das Escrituras Sagradas.

(mais…)

O movimento de plantação de igrejas no Brasil: perigos e desafios

Posted by Leonardo Gonçalves in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O movimento de plantação de igrejas no Brasil: perigos e desafios)

plantação de igrejas

Por Leonardo Gonçalves

Plantação de igrejas parece ser o tema da moda. Muitos jovens, motivados pelos testemunhos de extraordinários de megapastores que plantaram mega-igrejas, estão procurando saber mais sobre o assunto, e alguns até mesmo estão ingressando em seminários para ser futuros plantadores em suas cidades.

(mais…)

A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann

Posted by Maurício Montagnero in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann)

rudolf bultmann desmitologização

Por Maurício Montagnero

A teologia da desmitologização faz parte de uma estrutura teológica elaborada pelo teólogo alemão Rudolf Bultmann, que propõe que há mitos contidos na bíblia que devem ser interpretados existencialmente, isto é, como é que os mesmos ajudam no crescimento da minha existência. Além disso, eles devem ser vistos como figurados e não literais, ou seja, eles não ocorreram realmente, porém estão escritos para uma compreensão do ser como tal.

(mais…)

O culto que desonra ao Senhor

Posted by Silas Alves Figueira in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em O culto que desonra ao Senhor)

desonra senhor

Por Silas Alves Figueira

Texto base: Malaquias 1.6-14

INTRODUÇÃO

O profeta Malaquias surge no cenário da história cerca de cem anos depois que o povo judeu havia voltado do cativeiro babilônico. Provavelmente já havia passado a época de Ageu, Zacarias, Esdras e Neemias, e o próprio povo já começava a se instalar na terra; porém, não com a mesma prosperidade que antes [1].

(mais…)

Expiação nos pais apostólicos

Posted by Clóvis Gonçalves in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em Expiação nos pais apostólicos)

EXPIAÇÃO PAIS APOSTOLICOS

Por Clóvis Gonçalves

No milenar debate sobre as doutrinas da graça, os chamados Pais da Igreja são muitas vezes invocados para decidir a questão, sob a premissa de que, por estarem mais próximos dos apóstolos, foram capazes de repercutir com mais fidelidade o ensino apostólico a respeito. Particularmente os arminianos consideram-se alinhados com o ensino dos Pais da Igreja e acusam os calvinistas de inovação, por destoarem deles, embora haja reformados que pensem ser o contrário. Dessas doutrinas, a da expiação, especialmente no aspecto de sua extensão, é uma das que recebe maior atenção, haja vista ser a que gera maior dificuldade de consenso.

(mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.