Author Archives: Maurício Montagnero

Santander Cultural

Posted by Maurício Montagnero in APOLOGÉTICA | Cultura e Mídia - (0 Comments)

santander cultural

Por Maurício Montagnero

UM POUCO DE FILOSOFIA POR TRÁS:

Vamos iniciar este texto pensando um pouco sobre arte Grega e a filosofia de Nietzsche? Assim veremos a relação que há entre essas com o que aconteceu no Santander Cultural.

(mais…)

Resenha: O futuro do Calvinismo

Posted by Maurício Montagnero in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (0 Comments)

RESENHA-CALVINISMO

Por Maurício Montagnero

LIMA, Leandro Antônio. O Futuro do Calvinismo. São Paulo, Cultura Cristã, 2010, 240 p.

No mês de Março do ano de 2009 uma revista americana, Times Magazine, publicou um artigo onde listava as dez ideias que estavam mudando o mundo, dentro dessas colocou o Novo Calvinismo como em terceira colocação. Segundo Leandro Antônio de Lima, autor do livro em resenha, foi tal artigo que o influenciou a escrever esta obra, conforme disse na entrevista resenha 06 do canal Mackenzie – encontra-se no Youtube. O seu trabalho mostra a relevância do Calvinismo, na nova perspectiva que se encontra, para os desafios da pós-modernidade.

(mais…)

Convergindo

Posted by Maurício Montagnero in APOLOGÉTICA - (Comentários desativados em Convergindo)

CONVERGINDO

Por Maurício Montagnero

“Toda verdade é verdade de Deus mesmo que pronunciada pela boca de um ímpio”.

No ano passado (2016), tive uma experiência interessante com os adeptos da Torre de Vigia (Testemunhas de Jeová). Para quem não sabe, são aqueles que batem na porta das casas, geralmente aos domingos e durante a manhã, a fim de “evangelizarem” novos adeptos para seita. Vendem ou doam aquela revista de sofá (SentiNela!). (mais…)

Reforma Trabalhista: qual são as atitudes cristãs?

Posted by Maurício Montagnero in VIDA CRISTÃ - (Comentários desativados em Reforma Trabalhista: qual são as atitudes cristãs?)

reforma trabalhista

Por Maurício Montagnero

QUAL É A DIFICULDADE?

Vivemos uma discussão calorosa nesses últimos dias acerca da reforma trabalhista, especialmente sobre o ponto em que dá autonomia para o empregado e o empregador realizarem o acordo entre si, não dependendo plenamente mais da intermediação legislativa e, muito menos, sindical.

(mais…)

Suicídio: um velho novo capítulo

Posted by Maurício Montagnero in Cosmovisão - (Comentários desativados em Suicídio: um velho novo capítulo)

suicídio

Por Maurício Montagnero

Nessa última semana eu assisti uma série no NetFlix chamada 13 Reasons Why. Não só eu, mas muitas pessoas a tem assistido, especialmente os adolescentes.  Essa série é uma espada de dois gumes, pois pode prevenir alguém do suicídio o mostrando o quão desnecessário é, ou pode incentivar a isso. Dependerá muito do estado existencial e de maturidade que o indivíduo, especialmente o adolescente, estará no momento ao assisti-la. Mas afinal, do que se trata? Segue a sinopse:   (mais…)

A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann

Posted by Maurício Montagnero in REFLEXÕES TEOLÓGICAS - (Comentários desativados em A teologia da desmitologização de Rudolf Bultmann)

rudolf bultmann desmitologização

Por Maurício Montagnero

A teologia da desmitologização faz parte de uma estrutura teológica elaborada pelo teólogo alemão Rudolf Bultmann, que propõe que há mitos contidos na bíblia que devem ser interpretados existencialmente, isto é, como é que os mesmos ajudam no crescimento da minha existência. Além disso, eles devem ser vistos como figurados e não literais, ou seja, eles não ocorreram realmente, porém estão escritos para uma compreensão do ser como tal.

(mais…)

heresiaprimitiva

Por Maurício Montagnero

Ver-se-á neste artigo as heresias que surgiram no inicio da era da Igreja, acerca da cristologia. As heresias serão analisadas em três partes, acompanhando parcialmente o que foi realizado por Alan Myatt e Franklin Ferreira[1] (mas com outra nomenclatura). Sendo expostas as heresias da primeira parte, será realizada uma refutação apologética contra essas usando como fundamento a exegese do texto do Evangelho de João 1.1 – 3 e 14, e se necessário partirá para outros textos bíblicos,[2] e assim sucessivamente.   (mais…)

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.