argumento-moral

Por Djesniel Krause

O denominado argumento moral busca demonstrar a existência de Deus a partir de uma inferência da existência de valores e deveres morais objetivos. Nos últimos anos, tal argumento tem sido defendido por um número significativo de apologistas cristãos, tais como Paul Copan, J.P. Moreland e o mundialmente conhecido William Lane Craig.

[+] Leia mais

NATAL-SALVACAO

Por Eliandro da Costa Cordeiro

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. (Jo. 3:16)

Sem que se recorra à toda a teologia apresentadas nos evangelhos acerca da pessoa de Jesus,o seu nascimento será como o de qualquer homem. Ele será um homem bom, ético, mestre da moral, mas nunca o Salvador dos homens. Estes morrem presos às desgraças de seus pecados em ofensa à Santidade divina; Jesus será incapaz de dar aos homens aquilo que vai além de um alívio existencial (ICor.15:19).

[+] Leia mais

amor-de-cristo

Por Jorge Fernandes Isah

Introdução

Este é um trecho pinçado de um estudo e meditação no verso de Romanos 13.10 o qual é o seguinte [1]:

“O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor.”

No trecho abaixo, abordarei a questão da impossibilidade do homem cumprir a lei, e da necessidade do Salvador divino-homem, Jesus Cristo. É claro que esta abordagem não é exaustiva, nem tem pretensão de sê-la; é muito mais uma apresentação do tema, e da análise de que o Justo, Santo e Salvador teria de ser poderoso, infinito e eterno, algo que está muito além, e aquém, da condição humana em sua finitude e corrupção.

[+] Leia mais

eventosisolados

Por Tim Barnett

Traduzido por Anderson Rocha – Artigo original aqui.

Sempre que uma pergunta começa com as palavras: “Por que Deus não…” minha resposta mais comum inicia com as palavras, “Eu não sei”. 

No mês passado, eu estava palestrando ao norte de Ontário sobre o problema do mal em um evento de divulgação. Durante o período de perguntas e respostas, uma mulher cristã sentada na segunda fila perguntou: “Por que Deus não impediu minha filha de se envolver num acidente de carro recentemente?”

[+] Leia mais

existencialismo

Por Jean Seifert

EXISTENCIALISMO 

Sören Kierkegaard viveu uma relação intensa e conturbada com seu pai e sua família, como um tormento, uma relação dolorosa vivida sob a marca do castigo de Deus.  O seu ideal ético o impediu de se casar com Regina Olsen e também de se tornar pastor luterano.

[+] Leia mais

REFORMAJOVEM

Por Davi Lago

Uma das características marcantes da Reforma – mas pouco explorada – é a precocidade dos reformadores. Lutero tinha trinta e quatro anos quando afixou as 95 teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg. Calvino tinha apenas vinte e sete quando chegou à Genebra e publicou a primeira edição da obra “Institutas da Religião Cristã”. Tyndale tinha trinta e cinco quando completou a tradução do Novo Testamento, em inglês. Cremos que esse lembrete vale uma reflexão bíblica muito útil para nossos dias.

[+] Leia mais

cristoescritura

Por Anderson Rocha

Ao nos depararmos com a Palavra de Deus, vemos como o Senhor teve o cuidado de priorizar o mais importante assunto: A Revelação de Cristo. Ao longo do relato bíblico, podemos constatar que em toda sua história, o Cristo de Deus nos é revelado, página por página, gradativa e progressivamente. Desde seu início em Gênesis, Deus mostra logo nos primeiros capítulos que Cristo, a semente da mulher, derrotaria Satanás de uma vez por todas. Vemos ali a primeira promessa da revelação messiânica, quando lemos: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gênesis 3:15). A história da Bíblia é uma história de redenção, isso em todo seu contexto, quer seja histórico ou teológico. Do jardim até a cruz, o Senhor nos conduz em graça pelo Seu Espírito, à revelação da Sua eterna salvação.

[+] Leia mais

Social Widgets powered by AB-WebLog.com.